MAGIS ANCHIETANUM REALIZA ESPAÇO PROJETO DE VIDA COM MÓDULO “QUEM SOU EU?”

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

“Percebo que começo a me apaixonar, também, pela minha existência” – palavras da jovem Sabline Leite Santana, de 26 anos ao concluir o primeiro módulo do Espaço Projeto de Vida

Ronnaldh Oliveira via Centro MAGIS ANCHIETANUM
com informações de Robson Oliveira

Nos dias 24, 25 e 26 de maio, o Centro MAGIS Anchietanum, localizado no Núcleo Apostólico São Paulo, foi palco do primeiro módulo do Espaço Projeto de Vida 2024. Este primeiro encontro intitulado “Quem sou eu?”, reuniu 25 jovens de diversas origens e realidades, destacando-se a participação da ETE FMC de Santa Rita do Sapucaí (MG), que enviou uma professora, dois alunos e uma ex-aluna para a vivência.

O módulo foi estruturado a partir de uma metodologia sistematizada baseada na experiência, oferecendo momentos de reflexão pessoal, oração comunitária, sensibilizações, dinâmicas e atividades concretas. O objetivo central foi propiciar aos jovens o conhecimento interno de suas histórias pessoais, ajudando-os a escrever suas autobiografias e a examinar suas possibilidades, limitações e posições diante da vida, percebendo a presença, ação e escrita de Deus em suas vidas.

Momentos de Autoconhecimento

Durante a programação, os participantes refletiram sobre suas histórias pessoais, familiares, relações, imagem pessoal e afetividade e sexualidade. Este processo foi fundamental para que pudessem escrever suas autobiografias de forma consciente e sensível. A iniciativa visa ajudar os jovens a construírem seus projetos de vida através de uma série de três módulos, que ocorrerão em maio, agosto e outubro.

Começo a me apaixonar pela minha existência

A jovem paulista Sabline Leite Santana, de 26 anos, compartilhou sua experiência: “O Módulo I do projeto de vida foi como um toque delicado na minha história. Com a oportunidade de revisitar a história da minha casa, da minha família e situar o meu lugar, onde eu habito no meio disso tudo. E nessa visita pude agradecer, valorizar e amar a minha história de vida; continuar o processo de fazer as pazes com o meu passado. E assim, percebo que começo a me apaixonar, também, pela minha existência.”

Para a jovem Carina Rocha que também participou do Módulo, a atividade rendeu um caminho para um caminho em si própria. “Esse mergulho em minha histórias, minhas características, minha fé… me permitiu relembrar, analisar, refletir sobre mim mesma de uma maneira profunda e bonita”, disse.

A jovem partilhou ainda acerca do apoio da equipe que conduziu “muito bem as atividades coletivas e o acompanhamento individual”. “onde me trouxeram orientações para melhor percepção do prosseguimento de minha jornada. Foi emocionante e elucidativo, se eu pudesse definir o que senti em um verso, diria que foi como aquela música do Milton Nascimento: “eu caçador de mim”, concluiu.

O pastoralista Robson Oliveira também ressaltou a importância da atividade: “A atividade quer ajudar os e as jovens a serem autores da própria história, olhando para a própria existência, reavivando memórias, questionando-se sobre seu lugar no mundo e o próprio mundo, na intenção de vislumbrar o horizonte à frente.”

Final de semana profundo

O primeiro módulo do Espaço Projeto de Vida 2024 culminou com uma celebração eucarística, encerrando um fim de semana de profundo autoconhecimento e crescimento pessoal para todos os participantes. Esta experiência inicial prepara o terreno para os próximos módulos, que continuarão a desenvolver o projeto de vida dos jovens, promovendo a reflexão e a ação em suas trajetórias pessoais e comunitárias.

MAGIS ANCHIETANUM REALIZA ESPAÇO PROJETO DE VIDA COM MÓDULO “QUEM SOU EU?”

“Percebo que começo a me apaixonar, também, pela minha existência” – palavras da jovem Sabline Leite Santana, de 26 anos ao concluir o primeiro módulo do Espaço Projeto de Vida

Centro MAGIS Anchietanum promove oficinas de Projeto de Vida na Vila Prudente (SP)

A iniciativa buscou não apenas oferecer conhecimento técnico, mas também promover o empoderamento e a inclusão social dos jovens moradores da Vila Prudente

Centro MAGIS Anchietanum realiza Vigília de unidade dos cristãos

As vésperas da Solenidade de Pentecostes, Centro MAGIS Anchietanum reúne jovens para rezar em prol da unidade dos cristãos

Colaboradores do Centro MAGIS Anchietanum se reúnem na Vila Anchieta para rezar a vida, o chamado e o serviço

Com um grupo de 24 participantes, dentre eles, funcionários e colaboradores externos, a proposta para esses dois dias foi de se debruçar sobre três temas centrais: vida, chamado e serviço.