Vocação, graça e missão: MAGIS Anchietanum realiza Tarde de Espiritualidade com a presença de Bispo referencial da CNBB

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

“Deus chama amando e nós agradecidos respondemos amando”, recordou Dom Ângelo Mezzari, RCJ, em diálogo aberto com as juventudes

Ronnaldh Oliveira via Centro MAGIS Anchietanum

A agenda do segundo semestre do Centro MAGIS Anchietanum começou com oração, meditação, contemplação e partilha do tema: “Vocação, Graça e Missão – Corações ardentes e pés a caminho”. Na Tarde de Espiritualidade, realizada todo primeiro sábado de cada mês, em unidade com a Igreja no Brasil, a temática vocacional foi refletida com os mais de 50 jovens de várias localidades do estado de São Paulo que estavam presentes.

Ele caminha conosco

Na primeira parte da tarde, a religiosa da Congregação das Filhas de Jesus, ir. Maria da Consolação de Matos, FI, assessorou o momento de motivação para a oração. Refletindo sobre a passagem bíblica dos Discípulos de Emaús (cf Lc 24 – 13,35), a irmã contribuiu com os pontos de oração. “Quando acordamos pela manhã, precisamos ter o costume de dizer: fica conosco Senhor”. Ainda, questionou os presentes acerca do que “faz arder o coração” de cada um. “Nossa fé contempla a certeza de que, para nos salvar, nosso Deus caminha conosco”, disse.

Após o tempo dedicado à oração pessoal, os jovens partilharam em grupos os frutos da oração contemplada.

Vocação é graça, dom de Deus

Já no segundo período da programação, foi a vez do Presidente da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, Dom Ângelo Mezzari, RCJ, dialogar com o público.

Dom Ângelo Mezzari, RCJ em diálogo aberto com as juventudes / Foto: Ronnaldh Oliveira

Em uma conversa de pouco mais de 50 minutos, o também bispo auxiliar de São Paulo, trouxe o texto-base do Dia Mundial de Oração pelas Vocações de 2023, com o tema do III Ano Vocacional da Igreja no Brasil: “Vocação Graça e Missão – Corações Ardentes e Pés a Caminho”. Incluindo experiências pessoais, abordou o tema de forma lúdica e bem-humorada.

Aconselhando os jovens, afirmou que a vocação é um diálogo entre a escolha de Deus e a liberdade humana. Exortou, porém, que “todo fracasso vocacional é dado quando se vai para a missão e não se leva Jesus”.

Por fim, para concluir a primeira Tarde de Espiritualidade do segundo semestre, ao lado do Secretário para Juventude e Vocações da Província dos Jesuítas do Brasil, padre Edson Tomé Pacheco, SJ, o bispo presidiu a Eucaristia que já celebrou a festa da Transfiguração do Senhor.

Para conferir as fotos desse dia, clique aqui.

Anchietanum participa de Workshop sobre Captação de Recursos no terceiro setor

“Possibilitou olhar para essa temática sem o olhar mercadológico que é muito comum nessa área” – palavras da pastoralista Beatriz Punça sobre a formação

Centro MAGIS Anchietanum reúne mais de 100 jovens em Exercícios Espirituais

A Edição já tradicional que ocorre no período do Carnaval foi realizada no Mosteiro de Itaici em Indaiatuba/SP

Centro MAGIS Anchietanum realiza Encontro online com Regional Sul e Sudeste

O encontro online contou com a presença de lideranças jovens dos vários Espaços MAGIS do sudeste e sul do país

Centro MAGIS Anchietanum realiza formação sobre mudanças climáticas

A preocupação com o planeta é um dos compromissos assumidos pelo Centro MAGIS Anchietanum e pela Rede Inaciana de Juventude – MAGIS Brasil