Vocação, graça e missão: MAGIS Anchietanum realiza Tarde de Espiritualidade com a presença de Bispo referencial da CNBB

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

“Deus chama amando e nós agradecidos respondemos amando”, recordou Dom Ângelo Mezzari, RCJ, em diálogo aberto com as juventudes

Ronnaldh Oliveira via Centro MAGIS Anchietanum

A agenda do segundo semestre do Centro MAGIS Anchietanum começou com oração, meditação, contemplação e partilha do tema: “Vocação, Graça e Missão – Corações ardentes e pés a caminho”. Na Tarde de Espiritualidade, realizada todo primeiro sábado de cada mês, em unidade com a Igreja no Brasil, a temática vocacional foi refletida com os mais de 50 jovens de várias localidades do estado de São Paulo que estavam presentes.

Ele caminha conosco

Na primeira parte da tarde, a religiosa da Congregação das Filhas de Jesus, ir. Maria da Consolação de Matos, FI, assessorou o momento de motivação para a oração. Refletindo sobre a passagem bíblica dos Discípulos de Emaús (cf Lc 24 – 13,35), a irmã contribuiu com os pontos de oração. “Quando acordamos pela manhã, precisamos ter o costume de dizer: fica conosco Senhor”. Ainda, questionou os presentes acerca do que “faz arder o coração” de cada um. “Nossa fé contempla a certeza de que, para nos salvar, nosso Deus caminha conosco”, disse.

Após o tempo dedicado à oração pessoal, os jovens partilharam em grupos os frutos da oração contemplada.

Vocação é graça, dom de Deus

Já no segundo período da programação, foi a vez do Presidente da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, Dom Ângelo Mezzari, RCJ, dialogar com o público.

Dom Ângelo Mezzari, RCJ em diálogo aberto com as juventudes / Foto: Ronnaldh Oliveira

Em uma conversa de pouco mais de 50 minutos, o também bispo auxiliar de São Paulo, trouxe o texto-base do Dia Mundial de Oração pelas Vocações de 2023, com o tema do III Ano Vocacional da Igreja no Brasil: “Vocação Graça e Missão – Corações Ardentes e Pés a Caminho”. Incluindo experiências pessoais, abordou o tema de forma lúdica e bem-humorada.

Aconselhando os jovens, afirmou que a vocação é um diálogo entre a escolha de Deus e a liberdade humana. Exortou, porém, que “todo fracasso vocacional é dado quando se vai para a missão e não se leva Jesus”.

Por fim, para concluir a primeira Tarde de Espiritualidade do segundo semestre, ao lado do Secretário para Juventude e Vocações da Província dos Jesuítas do Brasil, padre Edson Tomé Pacheco, SJ, o bispo presidiu a Eucaristia que já celebrou a festa da Transfiguração do Senhor.

Para conferir as fotos desse dia, clique aqui.

MAGIS ANCHIETANUM REALIZA ESPAÇO PROJETO DE VIDA COM MÓDULO “QUEM SOU EU?”

“Percebo que começo a me apaixonar, também, pela minha existência” – palavras da jovem Sabline Leite Santana, de 26 anos ao concluir o primeiro módulo do Espaço Projeto de Vida

Centro MAGIS Anchietanum promove oficinas de Projeto de Vida na Vila Prudente (SP)

A iniciativa buscou não apenas oferecer conhecimento técnico, mas também promover o empoderamento e a inclusão social dos jovens moradores da Vila Prudente

Centro MAGIS Anchietanum realiza Vigília de unidade dos cristãos

As vésperas da Solenidade de Pentecostes, Centro MAGIS Anchietanum reúne jovens para rezar em prol da unidade dos cristãos

Colaboradores do Centro MAGIS Anchietanum se reúnem na Vila Anchieta para rezar a vida, o chamado e o serviço

Com um grupo de 24 participantes, dentre eles, funcionários e colaboradores externos, a proposta para esses dois dias foi de se debruçar sobre três temas centrais: vida, chamado e serviço.