Centro MAGIS Anchietanum acolhe XVIII Encontro da Rede Brasileira de Centros e Institutos de Juventude

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Escuta atenta, olhar para a realidade e compromissos com as juventudes foram temas abordados no encontro que foi finalizado em Aparecida/SP com a Romaria Nacional da Pastoral da Juventude

Robson de Oliveira via Centro MAGIS Anchietanum

O Centro MAGIS Anchietanum foi palco do XVIII Encontro da Rede Brasileira de Centros e Institutos de Juventude de 06 e 09 de setembro. Na ocasião, contou com a presença de sete dos doze centros e institutos que compõem a Rede Brasileira de Centros e Institutos de Juventude, com representantes das Pastorais da Juventude, Rede Caminhos de Esperança e Casa Galileia. O principal objetivo do encontro foi refletir sobre a organização da Rede e sua incidência eclesial e social.

O caminho metodológico

O encontro começou, no dia 07 de setembro, com uma análise feita pelo professor Marcelo Naves para ajudar a compreender a conjuntura sociopolítica atual das juventudes.

O segundo momento do encontro foi inspirado pela Assessora da 6ª Semana Social Brasileira, Alessandra Miranda, que incitou a olhar para a conjuntura eclesial e para o pontificado do Papa Francisco como referência para o trabalho pastoral e eclesial da Rede.

Por fim, uma roda de conversa foi realizada com as Pastorais da Juventude (PJ, PJE, PJR), proporcionando a escuta daqueles e daquelas que trabalham com as juventudes em diversas realidades com o intuito de ajudar a pensar como a Rede Brasileira de Centros e Institutos pode caminhar de forma mais próxima destas pastorais.

Partilha de trabalhos

No dia 08 de setembro, as discussões começaram com uma partilha dos trabalhos feitos por cada centro e instituto a fim de perceber as potencialidades de todos os componentes da Rede.

A segunda parte do dia foi dedicada a pensar a organização, a comunicação e a participação da Rede Brasileira de Centros e Institutos no XVII Encontro da Rede Latino-Americana de Centros e Institutos de Pastoral Juvenil, que acontecerá em 2024, no Brasil, no Centro MAGIS Anchietanum. Neste dia, a Rede marcou presença em comunhão no XVIII Encontro Nacional de Responsáveis Diocesanos de Juventude organizado pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB por meio de uma nota de comunhão e sintonia dos trabalhos com as juventudes da Igreja no Brasil.

Sinodalidade em Romaria

No último dia, 09 de setembro, todos os presentes celebraram os 50 anos da Pastoral da Juventude na Romaria Jubilar da PJ, em Aparecida/SP. O XVIII Encontro da Rede Brasileira de Centros e Institutos de Juventude findou-se deixando uma proposta de calendário e caminho de comunhão da Rede Brasileira com perspectivas para o trabalho conjunto.

MAGIS ANCHIETANUM REALIZA ESPAÇO PROJETO DE VIDA COM MÓDULO “QUEM SOU EU?”

“Percebo que começo a me apaixonar, também, pela minha existência” – palavras da jovem Sabline Leite Santana, de 26 anos ao concluir o primeiro módulo do Espaço Projeto de Vida

Centro MAGIS Anchietanum promove oficinas de Projeto de Vida na Vila Prudente (SP)

A iniciativa buscou não apenas oferecer conhecimento técnico, mas também promover o empoderamento e a inclusão social dos jovens moradores da Vila Prudente

Centro MAGIS Anchietanum realiza Vigília de unidade dos cristãos

As vésperas da Solenidade de Pentecostes, Centro MAGIS Anchietanum reúne jovens para rezar em prol da unidade dos cristãos

Colaboradores do Centro MAGIS Anchietanum se reúnem na Vila Anchieta para rezar a vida, o chamado e o serviço

Com um grupo de 24 participantes, dentre eles, funcionários e colaboradores externos, a proposta para esses dois dias foi de se debruçar sobre três temas centrais: vida, chamado e serviço.