Colaboradores do Centro MAGIS Anchietanum se reúnem na Vila Anchieta para rezar a vida, o chamado e o serviço

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

“Rezar o Princípio e Fundamento em comunhão com os que assumem a missão de colaborar com essa casa foi uma oportunidade de partilhar esperanças, sonhos e ouvir a voz de Deus que nos chama ao serviço das juventudes”, afirmou o colaborador Júlio Cesar durante o encontro

Beatriz Punça via Centro MAGIS Anchietanum  

No último final de semana, nos dias 20 e 21 de abril, o Centro MAGIS Anchietanum realizou o Retiro de Colaboradores na Vila Anchieta, localizada no município de Boraceia, em São Paulo. Com um grupo de 24 participantes, dentre eles, funcionários e colaboradores externos a proposta para esses dois dias foi de se debruçar sobre três temas centrais: vida, chamado e serviço.

A preparação e condução do Retiro foi feita pelo Secretário para Juventude e Vocações da Província dos Jesuítas do Brasil e atual diretor do Centro MAGIS Anchietanum, Pe. Edson Tomé Pacheco, SJ e pela articuladora da Rede Caminhos de Esperança, Michelle Gonçalves. A programação, somada à ambientação natural da Vila, proporcionaram aos colaboradores/as um espaço de oração, formação e integração.

Vida e Chamado: Ser criado para

Os primeiros momentos do Retiro, foram conduzidos pelo Pe. Edson Tomé, SJ e os dois pontos de oração propostos contribuíram para um aprofundamento no Princípio e Fundamento (PF), texto dos Exercícios Espirituais, partindo da compreensão de que “o ser humano é criado para louvar, reverenciar e servir a Deus nosso Senhor e, assim, salvar-se” (EE 23).

A oportunidade de rezar um texto já conhecido por todos/as, proporcionou diversas movimentações internas e confirmações, segundo o colaborador Júlio César: “Rezar o Princípio e Fundamento em comunhão com os que assumem a missão de colaborar com essa casa foi uma oportunidade de partilhar esperanças, sonhos e ouvir a voz de Deus que nos chama ao serviço das juventudes. Um momento de partilha da amizade e dos diversos projetos de vida que são pautados no serviço do Reino de Deus em realidades distintas e desafiadoras.”

Serviço: Estar à serviço de

A partir do relato do evangelista João (Jo 13, 1-17), que narra o momento da Última Ceia em que Jesus lava os pés dos discípulos, Michelle Gonçalves refletiu a conexão do Lava-pés e seus diversos elementos, com a dimensão do serviço dos cristãos e cristãs, sobretudo a missão e compromisso do Centro com as juventudes.

Três foram as principais chaves de leitura propostas ao olhar para o Lava-pés: revelação, travessia e horizonte. Esses pontos destacam, para além do compromisso ao tocar o chão, o horizonte que almeja alcançar.

Sobre a experiência do Retiro como um todo, destaca a colaboradora Patrícia Caldeira: “Participar do retiro de colabores me ajudou a perceber que enquanto decanto a pergunta que ressoa em mim desde o meu Projeto de Vida “Onde Deus te Espera?” com relação ao trabalho pastoral, devo permanecer… onde, como estou. Uma vez que ao entrar nesse processo de voltar-me para dentro de mim, escutar e responder ao chamado que Deus me faz, requer acima de tudo amor pelo que faço. Seguindo com esse amor-serviço que rezamos e partilhamos caminho, com os olhos fixos no horizonte e os pés fincados na realidade”.

MAGIS ANCHIETANUM REALIZA ESPAÇO PROJETO DE VIDA COM MÓDULO “QUEM SOU EU?”

“Percebo que começo a me apaixonar, também, pela minha existência” – palavras da jovem Sabline Leite Santana, de 26 anos ao concluir o primeiro módulo do Espaço Projeto de Vida

Centro MAGIS Anchietanum promove oficinas de Projeto de Vida na Vila Prudente (SP)

A iniciativa buscou não apenas oferecer conhecimento técnico, mas também promover o empoderamento e a inclusão social dos jovens moradores da Vila Prudente

Centro MAGIS Anchietanum realiza Vigília de unidade dos cristãos

As vésperas da Solenidade de Pentecostes, Centro MAGIS Anchietanum reúne jovens para rezar em prol da unidade dos cristãos

Colaboradores do Centro MAGIS Anchietanum se reúnem na Vila Anchieta para rezar a vida, o chamado e o serviço

Com um grupo de 24 participantes, dentre eles, funcionários e colaboradores externos, a proposta para esses dois dias foi de se debruçar sobre três temas centrais: vida, chamado e serviço.